Nova entrevista de Becca sobre Dangerous Lies

Becca deu uma nova entrevista falando sobre Dangerous Lies, os personagens Chet e Stella e sobre sua paixão por mistério. Leia:

Todos os seus romances, incluindo a série Hush Hush e Black Ice, são totalmente thrillers. O que a atrai a escrever esse gênero por várias vezes?

Quando eu estava na faculdade, eu queria ser uma espiã. Eu fui atraída para a idéia de emoção e perigo. Na realidade, eu teria sido a pior espiã. Eu sou muito mais feliz vivendo uma vida normal e tranquila. Mas a idéia de perigo ainda me atrai. Eu acho que é por isso que sou atraída para o gênero. Escrever me dá a oportunidade de explorar essa fantasia de perigo – sem colocar minha vida em perigo real.

Embora as circunstâncias de Stella são diferentes da maioria dos adolescentes, muito do que ela sente é bem autêntico. Foi importante para você que, apesar destas circunstâncias difíceis, Stella enfrente questões sobre sua identidade, o seu futuro, e seus relacionamentos?

Stella não é perfeita. Ela é um personagem profundamente falho. Mas, por causa dessas falhas, ela tem muito espaço para crescer. Eu acho que o potencial para a mudança é fundamental para a personagem. No início da história, ela não confia em ninguém e não quer formar quaisquer ligações permanentes. É mais fácil empurrar as pessoas para longe do que deixá-los ver seu verdadeiro eu. Dada a sua formação e história, não faria sentido ela confiar facilmente ou convidar pessoas para sua vida com os braços abertos. Acho que os leitores se relacionam com esses sentimentos. Todos nós sabemos como uma traição é. Todos nós já tivemos que fazer a difícil escolha de mentir para cobrir alguém que amamos. Todos nós entendemos a culpa, a vergonha e o arrependimento. E todos nós entendemos uma profunda necessidade de cura.

Qual personagem foi o mais fácil de escrever, e qual personagem deu-lhe as maiores dificuldades?

O personagem de Chet foi muito natural para escrever, provavelmente porque eu o baseei no meu namorado do colégio! Meu namorado foi realmente um grande cara – inteligente, sensível, doce. É claro que, de acordo com minha temática de escrever bad boys, senti-me compelida a dar a Chet um passado obscuro. Você já percebeu que eu gostava de personagens problemáticos? Como Stella, Chet tem segredos e eles estão o devorando por dentro. Ele está à procura de redenção e precisa se curar tanto quanto Stella. Stella foi provavelmente a mais difícil de escrever. Ela está em muita dor. Era difícil passar tanto tempo com um personagem que estava em tanta dor. Eu queria fazer tudo certo para ela e tirar seu sofrimento. Mas não é assim que a vida funciona, não é?

O que a atraiu para a isolada e pequena cidade em Nebraska?

Thunder Basin foi baseada na cidade onde passei a minha infância. Em minha mente, Thunder Basin é tanto um personagem como Stella e Chet. Ela ocupa um lugar especial em meu coração. Todas as minhas primeiras vezes aconteceram lá – incluindo o meu primeiro amor e primeira decepção amorosa.

Quais são seus livros favoritos que você leu até agora este ano?

Eu estou lendo The House de Christina Lauren e estou amando. É muito assustador e arrepiante!

Via

Tradução e adaptação: HushHushers. Não reproduza sem os créditos!


« | »

Leave a comment